MENU

13/01/2021 às 15h00min - Atualizada em 13/01/2021 às 15h00min

Com novas restrições, Air Canada cortará 1.700 empregos

Funcionários das operadoras Express da Air Canada, também serão afetados

Redação North News
Foto: Reuters
 
A Air Canada confirmou nesta quarta-feira (13) que cortará 1.700 empregos devido às novas restrições que implicam em uma redução de 25% no serviço no primeiro trimestre de 2021.

Cerca de 200 funcionários das operadoras Express da Air Canada também serão afetados pela restrição. 

Segundo Lucie Guillemette, vice-presidente executiva e diretora comercial da Air Canada, as novas medidas estabelecidas, tanto pelo governo federal como pelo provincial, afetam diretamente as ações da empresa. “Lamentamos o impacto que essas decisões difíceis terão sobre nossos funcionários, que trabalharam muito durante a pandemia, cuidando de nossos clientes, bem como nas comunidades afetadas.”

Em comparação ao primeiro trimestre de 2019, as mudanças representam uma queda de aproximadamente 20% da capacidade. 

A companhia aérea já notificou os aeroportos de Atlantic Canada pedindo a suspensão dos voos em Gander, N.L., Goose Bay, N.L., and Fredericton, N.B., até 23 de janeiro.

Os clientes que foram afetados pela mudança poderão solicitar o reembolso ou outros planos de viagem. 

“Não podemos simplesmente ligar um botão para religar o serviço aéreo quando chegarmos ao outro lado desta pandemia”, comentou Monette Pasher, diretora executiva da Atlantic Canada Airports Association.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.4%
4.8%
7.8%