MENU

02/06/2021 às 11h27min - Atualizada em 02/06/2021 às 11h27min

Covid-19: Um em cada cinco portugueses está completamente vacinado

Portugal deve receber mais 4,5 milhões de imunizantes até o fim deste mês

Redação North News
Agência Lusa
Foto: Sérgio Azenha/Lusa
Mais de dois milhões de portugueses têm a vacinação contra a covid-19 completa, o equivalente a 20% da população, anunciou hoje o Governo, adiantando que Portugal prevê receber 4,5 milhões de doses até final do mês.

“Neste momento, quase 5,7 milhões de vacinas foram administradas, tendo permitido inocular com pelo menos uma dose quase 3,8 milhões de pessoas, das quais mais de dois milhões têm já o esquema vacinal completo”, adiantou o Ministério da Saúde.

Em comunicado, o Ministério avançou ainda que, no que se refere às faixas etárias de maior risco associado à covid-19, em Portugal continental, 77% dos maiores de 50 anos já receberam pelo menos uma dose da vacina e 39% têm o esquema vacinal completo.

“Confirmando-se o calendário de receção de vacinas previsto, até ao final de junho Portugal deverá receber cerca de 4,5 milhões de vacinas”, refere ainda o comunicado.

“Nesta altura em que quase 40% da população portuguesa já tem pelo menos algum nível de proteção e que 20% está já vacinada, estas são boas notícias para todos, uma vez que cada pessoa que é vacinada não protege apenas a si, mas também aos outros”, salientou o secretário de Estado da Saúde, Diogo Serras Lopes, citado no comunicado.

O coordenador da `task force´ que coordena a logística da vacinação afirmou hoje (2) que o ritmo de inoculações "está só dependente das vacinas que chegam a Portugal", tendo o país neste momento capacidade de vacinar 100 mil pessoas por dia.

Caso seja necessário e com mais horas de trabalho diárias, o país poderá ter capacidade de vacinar 120 mil a 140 mil pessoas por dia, disse o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo.

"Conseguimos vacinar 100 mil portugueses com seis horas de trabalho diárias nestes centros de vacinação. Se aumentarmos para 10 horas diárias, aumentamos o ritmo", garantiu o militar, que anunciou ainda que a Direção-Geral da Saúde (DGS) vai retirar a limitação de idade na administração da vacina da Janssen aos homens.

"A vacina estava limitada a pessoas acima dos 50 anos e o que os novos dados trouxeram é que o risco, apesar de muito baixo - um em um milhão -, estava essencialmente concentrado no sexo feminino abaixo dos 50 anos. O que se vai fazer é tirar essa limitação ao sexo masculino", afirmou Henrique Gouveia e Melo.

O objetivo da `task force´ é começar a vacinar as pessoas com mais de 20 anos em agosto, prevendo que esteja concluída a vacinação dos portugueses com mais de 30 anos entre o fim de julho e o início de agosto.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.5%
4.8%
7.7%