MENU

10/06/2021 às 09h46min - Atualizada em 10/06/2021 às 09h46min

University of Toronto exige que os alunos se vacinem para morar nos dormitórios da universidade

Medida é tomada visando uma retomada segura às aulas presenciais, que ocorrerão no início do próximo outono

Redação North News
Narcity
University of Toronto

A University of Toronto afirma que exigirá que todos os alunos que moram em residência durante o ano letivo de 2021-2022 sejam vacinados contra o COVID-19 com pelo menos sua primeira dose, em todos os três câmpus.

 

A universidade diz que os alunos devem ter sua primeira dose antes da data de mudança. No entanto, quem não puder recebê-la antes terá um período de carência de duas semanas com a ajuda da escola, dependendo do suprimento de vacina da província.

 

"Este requisito, que é endossado por nossas autoridades locais de saúde pública, nos permitirá oferecer aos nossos alunos a experiência de residência que eles esperam - e que é tão importante para seu crescimento e desenvolvimento - sem comprometer sua saúde e segurança", vice- reitora Sandy Welsh disse no anúncio.

 

“É muito importante que os alunos possam interagir com segurança uns com os outros e participar da programação presencial que sabemos que eles valorizam tanto”, acrescentou ela.

 

Isso ocorre após outras escolas pós-secundárias ao redor de Ontário anunciarem seus planos de aprendizagem presencial no outono. Até agora, apenas uma outra universidade na província tornou a prova de vacinação obrigatória para os alunos que se mudam para os dormitórios do campus - os alunos da Western University deverão receber uma dose ao se mudarem para suas residências.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.2%
5.2%
7.6%