MENU

24/06/2021 às 14h22min - Atualizada em 24/06/2021 às 14h22min

Canada Goose não produzirá roupas com pele animal a partir do final do próximo ano

Objetivo é reduzir crueldade animal na moda

Redação North News - Amanda Rodrigues Leal
Reuters/CP24
THE CANADIAN PRESS/Aaron Vincent Elkaim

A fabricante de jaquetas de luxo Canada Goose Holdings Inc. disse nesta quinta-feira que vai parar de fabricar seus produtos com pele animal até o final de 2022, já que a empresa parece se tornar mais ambientalmente consciente após anos de reação contra o uso de pele de coiote.

 

Vários concorrentes do Canada Goose, incluindo Versace, Michael Kors e Gucci, decidiram recentemente não usar peles, enquanto os fabricantes de roupas Nike Inc e Gap estão procurando tornar seus produtos mais sustentáveis ​​para atender aos consumidores ecologicamente corretos.

 

A Canada Goose, conhecida por suas jaquetas de US $ 1.000, também deixará de comprar peles até o final deste ano. Em 2020, ela havia revelado planos para introduzir peles regeneradas em sua cadeia de suprimentos.

 

A empresa há muito recebe críticas de organizações de bem-estar animal, como a People for Ethical Treatment of Animals (PETA), que a chamou de um símbolo que "representa tudo menos aquecimento", já que suas jaquetas de inverno têm seus capuzes revestidos de pele.

 

O site da Canada Goose, no entanto, diz que ainda usa penas naturais em jaquetas, mesmo que a PETA alegue que a indústria de penas usa métodos dolorosos para matar gansos para fazer jaquetas.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.2%
5.2%
7.6%