MENU

30/06/2021 às 13h53min - Atualizada em 30/06/2021 às 13h53min

Efeito colateral potencial da síndrome de vazamento capilar com a vacina AstraZeneca

Autoridades da saúde estão estudando casos

Redação North News - Amanda Rodrigues Leal
680 News
THE CANADIAN PRESS/Jeff McIntosh

A Health Canada está atualizando o rótulo das vacinas Oxford-AstraZeneca e COVISHIELD COVID-19 para adicionar a síndrome de vazamento capilar como um efeito colateral potencial.

 

A agência também está incluindo um aviso aos pacientes com histórico da doença para que não tomem essas vacinas.

 

A síndrome de vazamento capilar é uma condição muito rara e grave que causa vazamento de fluido de pequenos vasos sanguíneos (capilares), o que pode resultar em inchaço dos braços e pernas, ganho repentino de peso, pressão arterial baixa, espessamento do sangue e níveis baixos da proteína do sangue albumina.

 

A Health Canada e a Agência de Saúde Pública do Canadá vêm monitorando a condição desde que ela foi levantada como uma preocupação potencial de segurança pela Agência Europeia de Medicamentos em abril.

 

No início deste mês, o regulador de medicamentos da UE disse que revisou casos de seis pessoas que tiveram síndrome de vazamento capilar após terem recebido uma injeção da vacina AstraZeneca, de 78 milhões de doses das vacinas AstraZeneca e COVISHIELD administradas na Europa e no Reino Unido até 27 de maio de 2021.

 

Houve um caso de síndrome de vazamento capilar após a vacinação com a vacina AstraZeneca ou COVISHIELD relatado no Canadá em 11 de junho.

 

A Health Canada também atualizou o rótulo das vacinas com informações sobre eventos muito raros de coágulos sanguíneos associados a baixos níveis de plaquetas após a imunização.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.2%
5.2%
7.6%