MENU

04/07/2021 às 16h42min - Atualizada em 04/07/2021 às 16h42min

Todo dia um 7 a 1 diferente

Brasil é derrotado pela Alemanha e fica fora do basquete nas Olimpíadas de Tóquio

Leandro Mendonça
Divulgação/Fiba


Desde 1976, em Montreal, o Brasil não tinha o basquete (feminino e masculino) fora das Olimpíadas. Na tarde deste domingo (04), a seleção de Aleksandar Petrovic foi derrotada pela Alemanha, por 75 a 64, no pré-olímpico de Split, na Croácia.

O Brasil estava com 100% de aproveitamento até a partida final, enquanto a Alemanha tinha perdido um jogo na fase classificatória, para o México. Mas neste domingo, os brasileiros abusaram dos turnovers. Com vários airballs e péssimo aproveitamento nos arremessos do perímetro, o Brasil fez uma pontuação medíocre. Os alemães não precisaram ser fantásticos, apenas aproveitaram os insucessos da seleção canarinho.

Só que o fracasso do Basquete nacional no Pré Olímpico começou muito antes da competição iniciar. Um mês antes, Petrovic recebeu pedidos de dispensa de quatro jogadores: Raulzinho do Washington Wizards, Didi do Pelicans, Gui Santos do Minas e Marquinhos, do Flamengo. Se dois titulares estiveram ausentes, dificilmente o Brasil conseguiria a classificação.

O sentimento de patriotismo foi substituído pelas cifras da NBA e os contratos dos clubes nacionais. A CBB foi colocada de lado e não fez questão de colocar os Jogos Olímpicos em primeiro plano, causando mais uma vergonha no basquete nacional. Não adianta ter uma Liga Nacional se os jogadores não podem participar da seleção brasileira.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.6%
4.7%
7.6%