MENU

06/07/2021 às 00h43min - Atualizada em 06/07/2021 às 00h43min

Bambu e Flecha!

Montreal Canadiens vence Tampa e continua vivo na Stanley Cup

Leandro Mendonça
@canadiensMTL/Twitter

Como diria o grande jornalista Everaldo Marques, “enquanto tem bambu, tem flecha”. Essa frase define bem o que a torcida do Canadiens sentiu, ao ver o time derrotar pela primeira vez em quatro jogos, o Tampa Bay Lightning. A vitória por 3 a 2 deu sobrevida ao Habs, que vai à Flórida na próxima quarta-feira (06), para disputar o jogo 5.

 

A equipe Azul, Branca e Vermelha entrou no rink com apenas uma escolha: A vitória! Após abrir 3 a 0 na série, o Tampa parecia mais sereno, com a sensação que poderia fechar o jogo a qualquer momento. Os números finais foram impressionantes, pois a equipe americana teve quase 40 finalizações, enquanto o Canadiens finalizaram apenas 22 vezes.

 

No primeiro período, o Habs abriu o marcador aos 15:39, após bela trama de Suzuki e Anderson. O atacante tricolor deixou a marcação para trás e tocou o puck para o meia, que sozinho, arrematou no gol. Ali, o primeiro sopro de esperança saiu na voz de milhares de canadenses presentes no Centre Bell.

 

E no fim do segundo período(17:20), após um turnover do Canadiens, o empate do Tampa Bay Lightning. A perda do puck iniciou uma bela troca de passes, que resultou no gol de Barclay Goodrow. Novamente, o medo voltou a Montreal.

 

No terceiro período, após uma confusão digna de cinema e três jogadores penalizados para cada lado, o Habs conseguiu tomar a dianteira. E foi da maneira mais honrosa possível! Após turnover de Andrei Vasilevskiy, a Muralha Russa, Romanov arrematou de longe, aproveitando a pouca visibilidade do goleiro e marcou mais um. O gol foi o primeiro do jogador em playoff’s.

E precisando empatar o jogo, o TBL partiu para cima, sem deixar o Canadiens respirar. Aos 13:47, após mais uma bela trama, Patrick Maroon apenas empurrou o puck para as redes, com Carey Price vendido.

 

Tudo estava desenhado para mais um overtime. O CH tinha a força da torcida ao seu lado e o bom desempenho em prorrogações nos playoff’s. O Tampa tinha a tranquilidade de liderar o confronto por três a zero. Mas antes do fim, Shea Weber cometeu falta digna de quatro minutos de Power Play. Ou seja, o Canadiens precisaria aguentar o minuto final e mais três no overtime com um jogador a menos.

 

Mesmo com poucas esperanças, o time canadense retornou com garra. A defesa funcionou muito bem e mesmo com um a menos, Suzuki quase finalizou a partida em contra-ataque com Danault. Mas quem deu números finais foi Anderson, que começou a jogada no meio do rink, roubou o puck, tocou para o centro e aproveitou o rebote na finalização… Scooooore!

 

Agora, mais uma vez o jogo será na Amelie Arena, na Flórida. Para o Tampa Bay Lightning basta vencer. O Canadiens precisa lutar e acreditar que: Enquanto tem bambu, tem flecha!


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.6%
4.7%
7.6%