MENU

16/07/2021 às 16h58min - Atualizada em 16/07/2021 às 16h58min

Crista do esquadrão de "guerreiros do ar" Snowbirds passará por reforma

As Forças Armadas buscam mudanças nas relações entre o exército e os povos indígenas do Canadá

Redação North News
680 News
rcaf-arc.forces.gc.ca

Uma crista exibida nos braços dos pilotos dos jatos mais famosos das Forças Armadas canadenses será modernizada.

 

O escudo do esquadrão dos Snowbirds com o lema ‘The Hatiten Ronteriios’, traduzido como ‘guerreiros do ar’, está em uso desde 1942 e apresenta a imagem de um indígena usando um cocar.

 

O comandante do esquadrão, tenente-coronel Denis Bandet, diz que é hora de a organização evoluir com o clima social atual.

 

“Ficar preso ao passado sem nenhum esforço de modernização... não é do nosso interesse como militares, como forças armadas, e [o brasão] não nos representa na imagem que queremos [retratar] para o resto dos canadenses ”

 

A decisão de fazer uma mudança na crista voltou em janeiro, antes da descoberta de centenas de sepulturas não marcadas em várias antigas escolas residenciais.

 

“Há pouca documentação sobre que tipo de consultas foram feitas com grupos indígenas [quando a crista do esquadrão foi projetada]”, explica o tenente-coronel Bandet. “E então começamos o diálogo com os líderes comunitários locais, e apenas dentro do próprio RCAF, para dizer, ‘Ei, isso é algo que precisamos modernizar?’”

 

Os Snowbirds recentemente sobrevoaram o local de uma antiga escola residencial em Saskatchewan, onde 751 sepulturas não marcadas foram descobertas no mês passado, para expressar seu sincero respeito e solidariedade aos povos indígenas em todo o Canadá.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

86.4%
5.2%
8.4%