MENU

17/08/2021 às 14h45min - Atualizada em 17/08/2021 às 14h45min

Prefeita de Mississauga faz 'apelo urgente' para comprovação do sistema de vacinação em toda a província

Além da prefeita de Mississauga Bonnie Crombie, a Junta Comercial da Região de Toronto e o Prefeito de Toronto John Tory vem pressionando o governo Ford

Redação North News
CP24
CP24
A prefeita de Mississauga, Bonnie Crombie, está fazendo um “apelo urgente” ao governo Ford para apresentar sua própria prova de registro de vacinação, argumentando que isso poderia ser “crítico” para ajudar as empresas a evitar o tipo de fechamento generalizado que enfrentaram no passado.
 
O governo federal já indicou que fornecerá algum tipo de prova de vacinação para viagens internacionais e Ontário permite que os indivíduos baixem um recibo que fornece informações sobre sua situação, incluindo a vacina que receberam e quando.
 
Crombie, no entanto, disse a repórteres durante uma coletiva de imprensa nesta terça-feira (17) que nenhum dos sistemas funcionará particularmente bem para empresas que desejam verificar o status de vacinação de seus clientes devido a questões de privacidade e suscetibilidade à falsificação.
 
Em vez disso, Crombie disse que o governo Ford precisa criar seu próprio comprovante de registro de vacinação que permitirá aos indivíduos simplesmente mostrar um código QR em seu telefone ou pedaço de papel para obter acesso a negócios e eventos que têm políticas de vacinação obrigatórias.
 
Ela disse que o sistema também permitiria à província impor rapidamente seus próprios requisitos de vacinação obrigatória para negócios não essenciais no caso de um aumento nas hospitalizações durante a quarta onda da pandemia provocada pela variante Delta.
 
“Se os casos de COVID continuarem a aumentar, podemos enfrentar uma situação em que certas medidas de saúde pública precisam ser impostas novamente. Se for esse o caso, uma prova de vacinação daria à província e à saúde pública a flexibilidade para implementar medidas direcionadas ”, disse ela. “Em vez de as empresas terem de fechar devido ao aumento dos números, um programa de comprovação de vacinação, por exemplo, poderia permitir que empresas não essenciais permanecessem abertas apenas para aqueles que estão totalmente vacinados ou que têm isenções médicas, políticas que estamos vendo em muitas, muitas outras jurisdições.”
 
O governo Ford tem resistido principalmente aos apelos para introduzir um sistema de comprovação de vacinação para empresas não essenciais, mas a ideia tem amplo apoio, incluindo a Junta Comercial da Região de Toronto e o Prefeito de Toronto, John Tory.
 
Uma série de faculdades também introduziram suas próprias políticas de vacinação, a maioria das quais torna obrigatório que qualquer pessoa que visite o campus seja totalmente vacinada ou envie um teste de COVID-19 negativo antes de sua chegada.
 
“Sei que a ideia de exigir comprovante de vacinação é um tema delicado, principalmente para quem optou por não se vacinar. Mas sejamos muito claros: a grande maioria de nós fez a sua parte para obter a vacina e não devemos ser penalizados porque uma pequena minoria de pessoas não quer a vacina”, disse Crombie. “Não podemos mais atender àqueles que optam por não serem vacinados, colocando todos nós em risco, colocando nossa economia em risco”.
 
Cerca de 82% dos residentes da Região de Peel receberam sua primeira dose da vacina de COVID-19 e cerca de 71% estão totalmente vacinados.



Co-autora: Amanda Rodrigues Leal

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.5%
4.8%
7.7%