MENU

29/09/2021 às 10h10min - Atualizada em 29/09/2021 às 10h10min

Mulher, 26 anos, agredida sexualmente durante cerimônia da Ayahuasca em Mississauga

A agressão aconteceu em dezembro de 2020

Redação North News
CP24
Peel Regional Police

Um homem de 54 anos foi preso e acusado depois que uma mulher relatou ter sido abusada sexualmente durante uma cerimônia de Ayahuasca dentro de um apartamento de Mississauga no ano passado, disse a Polícia Regional de Peel.

 

Os investigadores afirmam que a mulher compareceu à cerimônia em um apartamento na área da Hurontario Street e Lakeshore Road em dezembro de 2020.

 

Ela foi abusada sexualmente, mas não sofreu ferimentos físicos.

 

A ayahuasca é uma bebida psicoativa consumida durante cerimônias espirituais desenvolvidas por indígenas que vivem na área da América do Sul coberta pela floresta amazônica.

 

Seu consumo frequente leva a alucinações e outras experiências “fora do corpo”.

 

A polícia diz que um homem identificado como Mario Restrepo de Fonthill, Ontário foi preso e indiciado de uma acusação de agressão sexual.

 

Ele comparecerá no tribunal de Brampton em novembro.

 

Os investigadores divulgaram a foto de Restrepo e dizem que pode haver outras vítimas que ainda não se apresentaram.

 

Qualquer pessoa com informações deve ligar para a Unidade de Vítimas Especiais em 905-453–2121, ramal 3460.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.2%
5.2%
7.6%