MENU

29/09/2021 às 17h41min - Atualizada em 29/09/2021 às 17h41min

Explosão na casa de Markham que matou 2 crianças é considerada um acidente

O incêndio foi considerado suspeito por um tempo, mas a ideia foi descartada

Redação North News
680 News
CITYNEWS
A polícia na região de York diz que uma explosão em uma casa em Markham no ano passado, que matou duas crianças, foi um acidente.
 
Equipes de emergência foram chamadas para a casa geminada na Avenida Bur Oak por volta das 10h do dia 17 de maio de 2020, após relatos de um incêndio.
 
Quando os policiais chegaram ao local, encontraram um menino de seis anos, um menino de 14 anos e sua mãe de 41 anos sofrendo de ferimentos graves. Todos os três foram levados ao hospital em estado crítico.
 
Na época, a polícia disse que um menino de 12 anos que também morava na casa não foi encontrado. Seu corpo foi descoberto alguns dias depois no porão da casa.
 
O pai não estava em casa no momento da explosão e mais tarde foi localizado.
 
Em 22 de julho, o menino de seis anos morreu no hospital devido aos ferimentos.
 
No momento da explosão, a polícia não considerou o incêndio suspeito, mas a polícia admitiu que tinha “mais perguntas do que respostas”.
 
Uma investigação envolvendo a polícia e o Gabinete do Bombeiro posteriormente considerou o incêndio suspeito e a Unidade Regional de Homicídios da Polícia de York assumiu a investigação.
 
Essa investigação subsequente considerou que o incêndio foi um acidente e nenhuma acusação foi feita.
 
A casa foi completamente destruída na explosão e as unidades adjacentes foram derrubadas devido a grandes danos.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.2%
5.2%
7.6%