MENU

06/10/2021 às 16h01min - Atualizada em 06/10/2021 às 16h01min

Ford recusa pedido da oposição para revisar isenções médicas no Partido Progressista Conservador

Dois membros do PC apresentaram isenção médica para a vacina de COVID-19

Redação North News
CTV News
Ontario Parlament/ CTV News
O premier Doug Ford diz que não vai se envolver nos registros médicos pessoais do cidadãos.
 
Ele fez os comentários em questão hoje, 06, respondendo ao NDP instando que o Premier reveja as duas isenções médicas das vacinas de COVID-19 entre os membros da sua facção política.
 
O Diretor Médico de Saúde de Ontário disse que a taxa de isenções médicas legítimas deveria ser de cerca de 1-5 em 100.000 pessoas.
 
A líder do NDP, Andrea Horwath, disse que é "estatisticamente curioso" que a convenção conservadora progressista tenha dois em 70.
 
Ford anunciou que todos em sua facção política deveriam ser vacinados, mas tanto Lindsey Park, que representa Durham, quanto Christina Mitas, que representa o Scarborough Centre, apresentaram isenções médicas.
 
Park continua na facção, mas foi destituída de seu papel de assistente parlamentar do Procurador-Geral porque até sexta-feira, 01, ela havia falsificado sua situação de vacinação para o seu partido.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.2%
5.2%
7.6%