MENU

19/10/2021 às 11h49min - Atualizada em 19/10/2021 às 11h49min

A Ministra da Saúde de Ontário diz que 'não há necessidade de desculpas' após os comentários de Ford sobre os trabalhadores migrantes

O Premier disse que a província precisa desesperadamente de pessoas para preencher vagas de trabalho e que pessoas que não queiram trabalhar não devem se mudar para Ontário

Redação North News
City News
THE CANADIAN PRESS/Frank Gunn

A Ministra da Saúde de Ontário disse que o Premier Doug Ford não deveria se desculpar por seus comentários sobre os imigrantes.

 

Falando sobre uma escassez de trabalhadores nos comércios na segunda-feira (18), Ford disse: "precisamos de pessoas, estamos com uma necessidade desesperada de pessoas de todo o mundo", acrescentando que a província tem falta de "cerca de 100.000 trabalhadores" e precisa de imigrantes para preencher a lacuna.

 

“Eu só tenho um critério - você vem aqui como qualquer outro canadense novo aqui, você trabalha duro”, disse ele em Tecumseh, Ontário. “Se você acha que está vindo para receber o auxílio-desemprego e ficar sentado, isso não vai acontecer. Vá para outro lugar. Você quer trabalhar, venha aqui.”

 

Ford acrescentou que falará com o Primeiro-Ministro sobre a escassez de mão de obra e disse que trabalhará "agressivamente" com o governo federal para "fazer com que mais pessoas chamem Ontário de casa".

 

Isso gerou um enorme clamor, com os líderes da oposição chamando os comentários de humilhantes.

 

Christine Elliott foi questionada sobre os comentários de Ford em uma coletiva de imprensa em Toronto, dizendo que o Premier foi mal compreendido.

 

“O que o Premier Ford estava dizendo é que precisamos de mais pessoas para fazer os trabalhos que temos disponíveis aqui em Ontário e, portanto, encorajamos mais imigração”, disse ela. “Sabemos que quando as pessoas vêm aqui, elas trabalham muito.”

 

Elliott continuou dizendo que um pedido de desculpas de Ford não é necessário. A líder do NDP, Andrea Horwath, discorda.

 

“Hoje, Doug Ford optou por caminhar em estereótipos humilhantes sobre os novos ontarianos que buscam construir uma vida melhor para suas famílias”, escreveu ela no Twitter. “Nossa diversificada e acolhedora província merece mais.”

 

O líder liberal Steven Del Duca também pediu para o Premier se desculpar, dizendo que os comentários eram “insensíveis”.

 

“Esse tipo de linguagem divisionista é profundamente decepcionante”, disse ele. “Um Premier deve unir os ontarianos, não nos separar ainda mais”.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.6%
5.1%
7.3%