MENU

21/10/2021 às 16h05min - Atualizada em 21/10/2021 às 16h05min

Funcionários da polícia de Toronto enfrentam licença sem vencimento se não forem totalmente vacinados contra o COVID-19 até 30 de novembro

90% dos funcionários da polícia de Toronto já foram vacinados com pelo menos uma dose

Redação North News
CP24
THE CANADIAN PRESS/Frank Gunn

O Toronto Police Service (TPS) diz que seus funcionários têm até o final do próximo mês para serem totalmente vacinados contra o COVID-19, caso contrário, serão colocados em uma licença não remunerada.

 

A partir de 30 de novembro, qualquer funcionário do TPS que não tenha divulgado sua situação vacinal ou não esteja totalmente vacinado contra o vírus não poderá trabalhar, conforme sua política de vacinação obrigatória.

 

“Esses membros serão colocados em uma ausência não remunerada por tempo indeterminado e não terão permissão para entrar nos prédios ou instalações do TPS. Se e quando o membro estiver totalmente vacinado e revelar seu status de vacinação atualizado, ele poderá voltar ao trabalho”, disse o TPS em um comunicado nesta quinta-feira, 21.

 

Além disso, os funcionários que não estiverem totalmente vacinados dentro do prazo não poderão ser promovidos a cargos de supervisão ou gerência ou de outras posições.

 

Funcionários com isenção médica ou outra exceção, de acordo com o Código de Direitos Humanos, serão acomodados, diz o TPS.

 

Em setembro, a Associação de Polícia de Toronto disse a seus membros que não enfrentariam qualquer punição por não revelar seu status de vacinação contra o COVID-19 dentro do prazo.

 

Até o momento, 90% dos funcionários do TPS divulgaram sua situação de vacinação.

 

Daqueles que revelaram seu status, 97% receberam pelo menos uma dose da vacina contra o COVID-19 e 94% receberam duas doses e são considerados totalmente vacinados.

 

Todos os funcionários uniformizados e civis foram obrigados a divulgar o comprovante de vacinação até 13 de setembro.

 

O TPS anunciou sua política de vacinas obrigatórias em agosto, seguindo o exemplo do Serviço Público de Ontário, da cidade de Toronto, de várias redes de hospitais de Toronto e das principais franquias esportivas da cidade que implementaram as políticas de vacinas contra o COVID-19.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.6%
5.1%
7.3%