MENU

26/10/2021 às 12h00min - Atualizada em 26/10/2021 às 12h00min

Programa humanitário muda critérios para ajudar refugiados afegãos

Agora o programa só poderá ser acessado por quem já estiver fora do Afeganistão

Redação North News
City News
Shutterstock

O governo canadense silenciosamente mudou os critérios em seu site para um programa especial para refugiados afegãos vulneráveis, de modo que apenas aqueles que já conseguiram escapar para outros países sejam elegíveis.

 

Os critérios online para o "programa humanitário especial" costumavam incluir afegãos "que estão no Afeganistão ou fora do Afeganistão", mas foi alterado este mês para se aplicar apenas aos "fora do Afeganistão".

 

O programa é um dos dois criados para ajudar a trazer 40.000 refugiados afegãos para o Canadá e se destina a grupos vulneráveis, incluindo mulheres líderes, minorias religiosas ou étnicas perseguidas, pessoas LGBTQ e jornalistas.

 

Os critérios online para o outro programa - que visa intérpretes e outras pessoas que ajudaram o Canadá durante sua missão militar, bem como funcionários da embaixada - parecem ainda permitir que aqueles dentro do Afeganistão se inscrevam.

 

Quando o governo anunciou pela primeira vez o programa humanitário especial em agosto, disse que ele se aplicaria àqueles de fora do Afeganistão, mas no final das contas incluiu aqueles presos dentro do país em seus critérios online.

 

O governo disse na segunda-feira, 25, que a mudança no site foi uma "comunicação, e não uma mudança de política".

 

Stephen Watt, da Northern Lights Canada, uma organização de refugiados, disse que o plano do governo de trazer 40.000 afegãos ao Canadá está envolto em segredo desde que foi anunciado.

 

“Ainda não há uma forma clara de se inscrever no programa, ou de descobrir quem ele está aceitando ou como está operando”, disse ele. “Esta é uma questão de vida ou morte para muitas das pessoas com quem estamos falando no Afeganistão.

 

“Nosso governo precisa esclarecer seus planos para essas pessoas muito vulneráveis ​​que prometeu ajudar no calor da eleição e fornecer um caminho claro para fornecer essa ajuda. Este não é um momento para promessas vazias e processos secretos.”


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.6%
5.1%
7.3%