MENU

01/11/2021 às 09h44min - Atualizada em 01/11/2021 às 09h44min

Chega o prazo para que a equipe da cidade de Toronto divulgue seu status de vacinação contra o COVID-19

Funcionários públicos que não tenham se vacinado serão afastados do trabalho

Redação North News
City News
Shawn Goldberg/SOPA Images via ZUMA Wire

O prazo para os funcionários municipais de Toronto serem totalmente vacinados contra o COVID-19 chegou nesta segunda-feira, 01.

 

Com o mandato da vacina em vigor, os funcionários que deixarem de divulgar seu status de vacinação podem ser suspensos sem remuneração por seis semanas a partir desta semana.

 

“A partir da semana de 1º de novembro, a equipe que não fornecer prova de ter recebido duas doses da vacina contra o COVID-19 será suspensa por seis semanas sem remuneração”, disse a cidade em outubro.

 

No entanto, durante essas seis semanas, esses funcionários podem retornar ao trabalho se apresentarem comprovante de que estão totalmente vacinados.

 

Em 13 de dezembro, após a suspensão não remunerada, se a equipe não fornecer prova de que está totalmente vacinada, seu emprego será rescindido "por justa causa", pois terá "escolhido não cumprir a política municipal de vacinação obrigatória para a equipe".

 

Na época, o prefeito John Tory disse que a maioria dos funcionários da cidade está totalmente vacinada e que a política está focada em proteger a saúde e a segurança de todos os funcionários.

 

Enquanto isso, em Mississauga, os funcionários da cidade que não foram totalmente vacinados terão que se submeter a um teste rápido de antígeno todos os dias, por conta própria.

 

Segunda-feira também é o prazo para os funcionários da Metrolinx serem totalmente vacinados contra o COVID-19. Antes do prazo, a agência provincial de trânsito alertou sobre possíveis interrupções em algumas rotas de ônibus.

 

Metrolinx disse que em 29 de outubro, pouco mais de 95% de seus funcionários que forneceram seu status de vacinação estão totalmente vacinados.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.6%
5.1%
7.3%