MENU

03/11/2021 às 12h15min - Atualizada em 03/11/2021 às 12h15min

O caso do médico do leste de Ontário acusado de assassinato foi adiado até dezembro

O médico Brian Nadler é acusado de assassinato em primeiro grau da vítima Albert Poidinger

Redação North News
City News
CITYNEWS

O caso de um médico do leste de Ontário que enfrenta uma acusação de assassinato foi adiado por um mês.

 

O Dr. Brian Nadler é acusado de matar Albert Poidinger, de 89 anos, de Point-Claire, Quebec, no Hawkesbury and District General Hospital no início deste ano.

 

A Polícia Provincial de Ontário afirma que foi chamada ao hospital em 25 de março, após o qual Poidinger foi declarado morto e Nadler foi preso e acusado de assassinato em primeiro grau.

 

A polícia também disse que está investigando o médico em conexão com várias outras mortes no hospital.

 

A acusação e a defesa dizem que a investigação continua em andamento.

 

Nadler recebeu fiança no início de julho e seu advogado, Alan Brass, disse que seu cliente mantém sua inocência, acrescentando que planejam montar uma forte defesa.

 

Seu caso será o próximo a ser levado ao tribunal em 1º de dezembro em L'Orignal, Ontário.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.6%
5.1%
7.3%