MENU

06/11/2021 às 13h19min - Atualizada em 06/11/2021 às 13h19min

É feita acusação de assassinato em segundo grau na morte de uma mulher de Oshawa de 67 anos encontrada pelo neto

Ludmila Auclair, 40 anos, é suspeita do assassinato de Ruth Humphries

Redação North News
CP24
CTV News Toronto

Uma mulher de 40 anos foi acusada de conexão com a morte de uma mulher de 67 anos que foi encontrada morta dentro de sua casa em Oshawa, Ontário, por seu neto.

 

De acordo com a polícia de Durham, equipes de emergência foram chamadas à residência na Avenida Phillip Murray logo após as 15h30 em 2 de novembro. Eles dizem que uma criança entrou na casa para encontrar sua avó, identificada como Ruth Humphries, falecida.

 

A morte de Humphries foi considerada suspeita e, após um exame post mortem, a polícia determinou que havia "trauma significativo no corpo da vítima que não era consistente com ferimentos acidentais ou autoinfligidos".

 

Neste sábado (06), os investigadores anunciaram que uma suspeita, identificada como Ludmila Auclair, de Oshawa, foi acusada de assassinato em segundo grau em conexão com o caso.

 

A polícia confirmou que a vítima e a suspeita se conheciam, mas não eram consideradas familiares.

 

"Este é um incidente isolado e os investigadores não estão procurando nenhum outro suspeito nesta investigação", disse a polícia em um comunicado.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.6%
5.1%
7.3%