MENU

11/11/2021 às 10h33min - Atualizada em 11/11/2021 às 10h33min

O ciberataque atrapalhando a rede de saúde de N.L. provavelmente ainda está em andamento

O especialista David Masson acredita que os hackers ainda não foram neutralizados e continuam em posse dos sistemas cibernéticos da província

Redação North News
CTV News
Getty / CTV News

Um especialista internacional em cibersegurança afirma que há motivos para acreditar que a rede de TI de saúde de Newfoundland and Labrador ainda está sob risco.

 

David Masson, da Darktrace, uma empresa de segurança cibernética com sede no Reino Unido, diz que é bastante revelador o fato de o Ministro da Saúde, John Haggie, ter dito aos repórteres na terça-feira (09) que os envolvidos no ataque cibernético estão "assistindo, literalmente, o que estamos fazendo".

 

Masson, que trabalha em Ottawa, disse em uma entrevista na terça-feira que os comentários de Haggie sugerem que o ataque cibernético que atingiu a rede de TI da província em 30 de outubro ainda está em andamento.

 

O Premier Andrew Furey juntou-se a Haggie e outras autoridades para anunciar que informações privadas pertencentes a pacientes e funcionários foram acessadas pelos hackers.

 

Masson diz que o uso repetido e pontual do governo da palavra "acessado" provavelmente significa que eles podem ver que os logs de arquivos foram abertos por terceiros, mas ele diz que as autoridades podem não saber muito mais.

 

Furey e outros funcionários do governo se recusam a divulgar a natureza do ataque à rede de saúde ou se os hackers estão pedindo dinheiro.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.6%
5.1%
7.3%