MENU

23/11/2021 às 12h08min - Atualizada em 23/11/2021 às 12h08min

Artista Rita Letendre, pioneira na arte abstrata do Canadá, morre aos 93 anos

Ela ganhou destaque na década de 50 e ajudou a moldar a arte pública de Toronto

Redação North News
City News
Getty

Rita Letendre, conhecida como uma pioneira da arte abstrata canadense, faleceu.

 

A galeria Gevik, em Toronto, diz que Letendre morreu no sábado, aos 93 anos, após um longo período de doença.

 

A pintora, muralista e gravurista ganhou destaque na década de 1950 por sua associação com os grupos influentes de artistas abstratos de Quebec, Les Automatistes e Les Plasticiens.

 

Ela continuou a experimentar a forma e a técnica ao longo de sua carreira, destacando-se por sua paleta ousada e estilo geométrico, exemplificado por seu motivo recorrente de flechas.

 

Letendre também ajudou a moldar a arte pública de Toronto, recebendo encomendas para projetos de grande escala, incluindo um mural na Universidade Ryerson e as claraboias com vitrais da estação de metrô Glencairn.

 

Seus trabalhos foram exibidos em todo o mundo, e ela acumulou honras, incluindo o Prêmio Governador Geral de 2010 em Artes Visuais e de Mídia, a Medalha do Jubileu de Diamante da Rainha Elizabeth II em 2012 e o Prêmio Paul-Emile-Borduas em 2016.

 

Letendre foi nomeada oficial da Ordem do Canadá em 2005 como “uma das principais figuras da pintura contemporânea no Canadá”.

 

Suas obras estão em coleções de várias instituições, incluindo o Musée national des beaux-arts du Quebec, a Art Gallery of Ontario e a National Gallery of Canada.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.6%
5.1%
7.3%