MENU

10/12/2021 às 21h45min - Atualizada em 10/12/2021 às 21h45min

No Canadá, adultos com 18 anos ou mais serão elegíveis para dose de reforço do COVID-19 no início de 2022

Atualmente, pessoas com 70 anos ou mais e quem tomou duas doses da AstraZeneca estão elegíveis para a dose de reforço no país

Redação North News
City News
Martin Rickett/PA Images via Getty Images

Ontário expandirá a elegibilidade da dose de reforço contra o COVID-19 para todos os adultos com 18 anos ou mais a partir de 4 de janeiro de 2022 às 8h00.

 

O Diretor Médico de Saúde, Dr. Kieran Moore, fez o anúncio nesta sexta-feira, 10.

 

“Ontário, como outras jurisdições ao redor do mundo, está vendo tendências preocupantes na saúde pública e nos indicadores de saúde, e medidas adicionais são necessárias para proteger nosso progresso a longo prazo”, disse Moore.

 

“Todos os habitantes de Ontário são fortemente encorajados a seguir estas e as medidas existentes e se vacinar com uma primeira, segunda e dose de reforço, caso ainda não o tenha feito.”

 

Ontarianos com 18 anos ou mais poderão agendar suas marcações de dose de reforço por meio do portal de vacinação do COVID-19, ligando para o Centro de Contato de Vacinas Provincial, para clínicas de vacinação dirigidas por indígenas, farmácias selecionadas e centros de atenção primária.

 

As consultas serão marcadas por aproximadamente seis meses (168 dias) após uma segunda dose.

 

Na semana passada, Ontário expandiu a elegibilidade de reforço para qualquer pessoa com 50 anos ou mais a partir de 13 de dezembro às 8h00.

 

Atualmente, indivíduos com 70 anos ou mais são elegíveis para vacinas de reforço, assim como qualquer pessoa que tenha recebido duas doses da vacina AstraZeneca.


AS ESCOLAS DEVEM PERMANECER ABERTAS, SEM FERIADO PROLONGADO

 

Especulou-se que a província iria anunciar um feriado prolongado para os estudantes de Ontário, mas Moore disse que isso não estava nos planos imediatos do governo.

 

“Acho que todos os oficiais de saúde têm sugerido que as escolas devem ser as primeiras a abrir e as últimas a fechar, que nossas escolas estão seguras”, disse Moore. “E eu acho, do fundo do meu coração, que as escolas são seguras.

 

Moore disse que a postura da província pode mudar dependendo do que acontecer com os casos de Omicron em Ontário.

 

“No entanto, revisaremos qualquer risco ou ameaça da Omicron e forneceremos recomendações adicionais porque isso é novo para todos nós - mas, no momento, temos um acordo que nossas escolas permanecerão abertas e reabrirão na hora certa em janeiro.”


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.2%
5.9%
6.9%