MENU

10/02/2022 às 10h55min - Atualizada em 10/02/2022 às 10h55min

Canadá perde 300 milhões diários por bloqueio de ponte

Caminhoneiros fecharam Ambassador Bridge, principal ponte transfronteiriça

Leandro Mendonça
Ryan Garza/Detroit Free Press/Zuma/Rex/Shutterstock
O cerco está se fechando. Os manifestantes do ‘Comboio da Liberdade’ estão cada dia mais audazes em busca dos seus ideais. Agora, novos caminhoneiros fecharam a Ambassador Bridge, ponte que liga Detroit, Michigan a Windsor, Ontário. Ela é a maior ponte transfronteiriça entre Canadá e Estados Unidos. Todos os dias, 3 milhões de dólares passam pela ponte em alimentos, peças para automóveis e produtos para abastecer empresas, o que equivale a 25% das exportações entre os dois países.
Com o bloqueio, os fornecedores de suprimentos da cidade estão precisando contornar o estado. O percurso que demorava apenas 24 horas, agora está demorando quase uma semana.
“Os motoristas estão virando reféns. Isso prolonga seu dia de trabalho em até uma semana”, lamentou o proprietário de uma frota de caminhões que preferiu não revelar o nome, com medo de represálias.
Na Association du Camionnage du Québec (ACQ), o preço das viagens começou a aumentar em até 10%, devido a bloqueios pelo país. O setor agroalimentício é o maior prejudicado, pois os fechamentos de pontes e pistas acarretam em desvios, aumento de pagamentos e no fim, desemprego. Quebec tem sofrido com a diminuição no recebimento no setor automotivo, que diminuiu a produção nos últimos dias.
 
TEMPOS ESCUROS, REFLEXO NO QUEBEC
O vice-presidente de inovação e assuntos econômicos do Conseil de la Transformation Alimentaire du Quebec (CTAQ), Dimitri Fraeys, disse que há problemas na exportação de material para a província.
“Foi dito recentemente que as transportadoras americanas tem apenas 40 motoristas vacinados, dos 250. Os outros, não podem cruzar o país porque não tem o passaporte vacinal completo e precisam ficar esperando na fronteira”.
A frase foi um ataque ao CEO da TF1 International que disse à imprensa que dos seus 14.000 caminhoneiros, poucos não tinham completado o ciclo vacinal.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

86.7%
7.1%
6.2%