MENU

23/03/2022 às 20h18min - Atualizada em 23/03/2022 às 20h18min

Nova variante é responsável por metade das contaminações no Quebec

BA.2 é considerada menos mortal, porém mais contagiosa

Leandro Mendonça
NIAID-RML/AP
Enquanto Justin Trudeau desloca as tropas canadenses para o conflito na Ucrânia, o Quebec passa por mais um novo surto de Covid-19, em seu território. Mais de 1000 pessoas estão dando entrada nos hospitais por dia por causa de uma nova variante, a  BA.2. Nesta quarta-feira (23), o Diretor Nacional de Saúde Pública foi a público falar sobre o fim do uso de máscaras . O público, que estava ansioso pela data, ficou frustrado ao ver a expressão do Dr. Luc Boileau, que falou sobre o término de forma “segura e progressiva”, para evitar “novas explosões”.
 
“Estamos enfrentando uma variante conhecida, então não temos medo de estar diante de uma nova onda que nos machuque tanto quanto a Omicron”,  discursou e continuou, “Dados recentes nos mostram que aproximadamente 50% dos casos são dessa variante(BA.2). Lembrem-se que não é mais letal, não deixará mais mortes, por outro lado, é mais contagiosa cerca de 30 a 40%”.
 

O uso da máscara é necessário:

 
Os moradores de diversos países não aguentam mais o uso da máscara em seus territórios. O Quebec não é uma exceção, mas o Sr. Boileau prefere manter a prudência.
 
“Seria considerado útil manter o uso da máscara de forma obrigatória, por enquanto, sem mudar a data anunciada”, disse o Diretor, referindo-se ao dia 15 de abril, data especulada pelo ministério da saúde para o fim do uso obrigatório do acessório.
 
“Em meados de abril, teremos números mais precisos e poderemos recomendar à maioria das pessoas que continuem a usar a máscara, se necessário”.
 
O Primeiro-Ministro François Legault também se pronunciou nesta quarta-feira. O responsável pela província francófona foi enfático nas suas palavras.
 
“Por enquanto, na Europa, que ainda é precursora do que está acontecendo aqui, nenhuma instrução foi dada a população. Não temos um plano para adicionar instruções para nossos cidadãos”.
 
Uma possível sexta onda está beirando os cidadãos canadenses e seus imigrantes. O Ministério da Saúde não sabe se a melhor forma de combate é tomando uma quarta dose, ou retirando as máscaras para expor os imunes ao vírus. Em breve, todos vão saber.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

86.7%
7.1%
6.2%