MENU

05/05/2022 às 10h46min - Atualizada em 05/05/2022 às 10h46min

NL se prepara para receber avião com 175 refugiados ucranianos

Todos terão um lugar para ficar quando chegarem

- North News
CTV News
Foto: Sergei Gritts
Um avião fretado pelo governo de Newfoundland and Labrador deve levar cerca de 175 refugiados ucranianos para a capital da província nesta segunda-feira (9).

Todos os refugiados terão um lugar para ficar quando chegarem. "Aqueles ucranianos que virão no avião para St. John's sabem exatamente para onde estão indo; eles conhecem os apoios que estarão disponíveis para eles", disse o ministro provincial da Imigração, Gerry Byrne. "Eles tomaram uma decisão muito consciente de vir para Newfoundland and Labrador."

O governo provincial tem trabalhado para que os ucranianos se reinstalem no Canadá. Na quarta-feira, o governo esteve em contato com mais de 300 ucranianos, que estão em processo de mudança para a província. Dos 521.500 habitantes da província, aproximadamente 1.400 se identificam como descendentes de ucranianos.

A província também abriga a população mais velha do Canadá. Para compensar, a província pretende atrair 5.100 recém-chegados a cada ano até 2026. Os ucranianos terão um papel tão importante no cumprimento dessas metas "quanto qualquer outro refugiado", disse Byrne.

Michael Holden vê uma oportunidade real para a área rural de Newfoundland e Labrador atrair ucranianos que amam a natureza e buscam um estilo de vida tranquilo à beira-mar. Holden mora em St. John's, onde administra um grupo de 2.000 membros no Facebook, dedicado a ajudar os ucranianos a encontrar empregos e lugares para morar em Newfoundland e Labrador. Ele trabalhou na indústria do turismo por cerca de duas décadas.

Holden disse que ficou impressionado com os esforços do governo, mas quando procurou informações no Facebook pela primeira vez, encontrou principalmente pessoas de fora falando mal da província para ucranianos interessados.

Mary Brown's Chicken, uma rede de frango frito nascida em Newfoundland, também faz parte do esforço. A empresa está oferecendo um emprego, US$ 3.000 e um voo - se necessário - para qualquer ucraniano que concorde em trabalhar para a empresa quando desembarcar no Canadá.

Darren Durdle, gerente distrital corporativo da empresa em St. John's, diz que não há amarras. "Eles podem trabalhar para nós por um dia ou três anos, e estamos bem com isso", disse ele em entrevista na quarta-feira. Os interessados ​​são entrevistados antes de virem para o Canadá, e Durdle disse que eles precisam de "um certo nível de inglês" para se qualificar.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

86.7%
7.1%
6.2%