MENU

11/05/2022 às 13h07min - Atualizada em 11/05/2022 às 13h07min

Bolsonaro compara Brasil ao Canadá

Presidente fala sobre alta nos produtos e combustíveis no país do Norte

Leandro Mendonça
Ueslei Marcelino/Reuters
Como de costume, o Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro foi ao famoso ‘cercadinho’,na manhã desta quarta-feira, para conversar com seus apoiadores. Em dado momento, Bolsonaro encontrou uma mãe com sua filha, e a mulher explicava que havia retornado do Canadá pelas dificuldades que o país vem passando.
 
“Custo alto de vida, aluguel”, começou uma das envolvidas
 
“E o preço da carne... Aumentou muito?”, perguntou o presidente.
 
“Meio quilo de carne custa mais de 50 reais”, e Bolsonaro perguntou qual seria a carne. “Picanha”, disse a brasileira recém chegada.
 
“Ou seja, um quilo de picanha cem reais... A crise é no mundo todo”, e continuou. “O preço da carne aqui está menos da metade do que está lá fora”.
 
O presidente voltou a se referir à política do “fique em casa”, traçada por governos de diversos estados, durante a Pandemia de Covid-19.
 
“Quem mandou ficar em casa é o responsável por isso”.
 
Novamente, a imigrante voltou a se referir ao Canadá como um país devastado ‘pós-pandemia’.
 
“A gente mudou em novembro para cá, para o Brasil, porque o Brasil está muito melhor do que o Canadá. Gente, vocês não tem noção do que está acontecendo no Canadá. O tanto de gente doente, o governo não dá conta”, explicou a senhora com uma voz embargada.
 
“Eu deixei o meu trabalho lá, de 30 dólares a hora, porque senão os meus meninos não iam sobreviver lá. E eu morro de dó de brasileiro que larga tudo no Brasil e se muda para lá”.
 
O presidente mostrou que o Brasil está se recuperando financeiramente nos últimos meses, se comparado a outros países. O preço de alugueis tem diminuído, impostos estão sendo cortados e mesmo com a alta inflação, o povo tem aguentado o momento difícil que o mundo inteiro tem passado.
 
“O Brasil foi um dos países que menos subiu o preço das coisas. Quando eu baixei o IPI (Impostos sobre Produtos Industrializados), não quer dizer que na ponta da linha baixou o preço das coisas... Mas também não subiu”, completou o Presidente.
 
Bolsonaro apontou o Ministro Alexandre de Moraes como um dos culpados da alta dos produtos, pois ele derrubou o decreto do chefe do Poder Executivo.
 
“Infelizmente, o STF derrubou, quer dizer... O Alexandre de Moraes derrubou parte do IPI”.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

86.7%
7.1%
6.2%