MENU

23/02/2021 às 10h11min - Atualizada em 23/02/2021 às 10h11min

Homem fortemente armado que invadiu Rideau Hall é sentenciado hoje

Redação North News
Divulgação
Corey Hurren, de 46 anos, será sentenciado hoje após se declarar culpado de oito acusações relacionadas a um incidente em Rideau Hall, onde fica a residência oficial de Justin Trudeau. 

Em 2 de julho do ano passado, Hurren, que é reservista militar de Manitoba, usou um caminhão para bater contra o portão de Rideau Hall. Assim que conseguiu entrar, ele caminhou em direção à casa do primeiro-ministro, em Rideau Cottage. Ele estava fortemente armado.

Cerca de 90 minutos depois, a polícia conseguiu acalmar o homem e efetuar a prisão. Ele recebeu 21 acusações de porte de arma e uma de ameaça ao primeiro-ministro, mas se declarou culpado de oito. Sete em relação a porte de armas relacionadas à posse de armas de fogo proibidas ou restritas "para um propósito contrário à paz pública". E uma acusação de dano por causar intencionalmente $100 mil em danos ao portão de Rideau Hall.

Em declaração no tribunal, Hurren disse que não pretendia machucar ninguém e que queria prender Trudeau para fazer uma declaração sobre as restrições COVID-19. Ele estava furioso por perder o negócio e as armas dele.

“Nesta nota, Hurren afirmou que não aguentou as restrições da COVID-19, o prejuízo financeiro sofrido com o fechamento de seu negócio e a recente proibição de armas de fogo e sentiu que o Canadá estava agora sob uma ditadura comunista”, dizia o relatório. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.6%
4.7%
7.6%