MENU

15/01/2021 às 13h00min - Atualizada em 15/01/2021 às 13h00min

BRASIL Em colapso, Manaus transfere pacientes com Covid-19 para outras capitais

Pacientes internados para tratamento da Covid-19 no Amazonas não contam mais com o fornecimento de oxigênio

Redação North News com informações da CNN
Foto: Bruno Kelly/Reuters
 
A transferência de pacientes com Covid-19 de Manaus para hospitais em outros estados começou nessa sexta-feira (15). Pacientes internados para tratamento da Covid-19 no Amazonas não contam mais com o fornecimento de oxigênio, pois chegou ao fim a reserva dos cilindros no estado. A empresa responsável pelo fornecimento de oxigênio aos hospitais públicos do Amazonas diz que não conseguiu suprir a demanda em razão da dificuldade na logística e no aumento do número de pacientes internados.

De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), o primeiro embarque ocorreu logo pela manhã. As aeronaves deixaram Manaus com 9 pacientes e 5 médicos com destino a Teresina, no Piauí. Segundo o Ministério da Saúde, os pacientes serão transferidos para sete capitais brasileiras e para o Distrito Federal. "Já estão garantidos – de imediato – 149 leitos: 40 em São Luís (MA); 30 em Teresina (PI); 15 em João Pessoa (PB); 10 em Natal (RN); 20 em Goiânia (GO); 4 em Fortaleza (CE); 10 em Recife (PE) e 20 no Distrito Federal", informou a pasta.

Em nota, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, informou que a pasta trabalha em parceria com o Ministério da Defesa para regularizar o fornecimento de oxigênio para os hospitais do Amazonas. Na tarde de quinta-feira (14), o governo do Amazonas informou o lançamento do Plano de Cooperação, em parceria com o Governo Federal, para a transferência de 235 pacientes com Covid-19.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.4%
4.8%
7.8%