MENU

17/03/2022 às 13h29min - Atualizada em 17/03/2022 às 13h29min

G-7 ordena Rússia a retirar tropas

Putin pode ser julgado por crimes de guerra

Leandro Mendonça
Foto: Gabinete do Presidente da Ucrânia via EBC
Nesta quinta-feira (17), em Berlim, os principais diplomatas dos países do G-7 (Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido) se reuniram visando uma solução para o fim da Guerra na Ucrânia. Ao término do encontro o discurso estava alinhado. Vladimir Putin deveria tirar suas tropas da Ucrânia imediatamente.

De acordo com os diplomatas, Putin praticou “ataques indiscriminados a civis, em Mariupol e várias outras cidades”. A imprensa ucraniana chegou a noticiar ataques a um hospital que teria deixado ao menos 21 mortos.

“Os responsáveis por crimes de guerra, incluindo o uso indiscriminado de armas contra civis, serão responsabilizados”.

O exército russo marcha dentro sobre o território ucraniano. Países como China, França e Estados Unidos e Canadá tentaram intervir nos planos de Putin, mas sem sucesso. O presidente russo resiste ao dizer que as tropas do seu país só vão se retirar ao concluir a missão que lhes foi dado.

Enquanto isso, o exército ucraniano resiste. Mesmo com um equipamento considerado defasado, a Ucrânia resistiu a quatro semanas de ataques intensos de mísseis, artilharia, tanques, caças SU-35 (um dos mais evoluídos do Mundo) e ataques de drones. Também foi dito pela alta cúpula americana que a Rússia teria lançado bombas termobáricas (bombas à vácuo), capazes de destruir cidades inteiras.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

86.7%
7.1%
6.2%