MENU

06/05/2022 às 09h35min - Atualizada em 06/05/2022 às 09h35min

Bolsonaro afirma que vai contratar empresa para auditar votos

Presidente confirmou em sua live que empresa de ponta vai contar votos para não haver fraude nas eleições

Leandro Mendonça
Folha Política/Reprodução
O Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, em sua live semanal, na quinta-feira (05), levantou vários temas importantes que aconteceram durante a última semana. Um deles foi sobre fraude eleitoral. O chefe do Poder Executivo defende a política do voto impresso e auditável, fato nunca acontecido após a instalação das urnas eletrônicas, que desde então, tem sido responsabilidade do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O Presidente frisou que a empresa vai passar a trabalhar dentro das eleições à partir do momento que for contratada. O recado foi enviado diretamente ao TSE, que provocou os integrantes do governo. Bolsonaro explicou que a auditoria vai pedir uma grande quantidade de documentos referentes às eleições. Disse que as Forças Armadas vão se colocar à disposição para ajudar no processo.

Ao lado do General Heleno, Bolsonaro defendeu a empresa quando disse que ela "faz auditoria no mundo inteiro, sendo considerada uma empresa de ponta" , e que se 40 dias antes das eleições os documentos enviados pelo TSE não forem suficientes para uma votação 'limpa', a própria empresa vai ter o direito de não executar o trabalho.

De acordo com Jair Bolsonaro é um direito do partido político, previsto na Constituição, contratar uma empresa para auditar os votos.

Apenas dois países no Mundo tem eleições auditadas pelo Estado e por empresas terceirizadas: Butão e Bangladesh. O Presidente fez questão de frisar isso e dar os parabéns ao sistema adotado pelos dois países asiáticos. 


PETROBRAS VAI QUEBRAR O BRASIL


Bolsonaro falou sobre a empresa responsável pela extração de petróleo brasileira. O Presidente citou como "estupro", uma nova alta no combustível e falou sobre os lucros que a empresa tem tido nos últimos meses. De acordo com Jair Bolsonaro, a petrolífera faturou 44 bilhões de reais nos últimos três meses, o que seria um lucro de 3.000%, comparado ao mesmo período de 2021.

O pedido de Bolsonaro foi direto.

"É um apelo que faço pelo Brasil, para que o Brasil não quebre", disse o Presidente. "Me desculpe a todos se me excedi, em especial a Petrobras que é uma empresa fantástica. Não temos conhecimento de um diretor ou gerente que não esteja agindo de forma não republicana, mas tem que ajudar o país".


 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

86.7%
7.1%
6.2%