MENU

08/04/2022 às 08h54min - Atualizada em 08/04/2022 às 08h54min

Portugal, Austrália e Canadá estão recolhendo chocolates Kinder

Depois do Reino Unido e França, agora o grupo Ferrero pediu a restrição dos produtos na Europa

- North News
Poder 360º
Foto: Divulgação
Os chocolates da marca Kinder, propriedade do grupo Ferrero, estão sendo recolhidos em Portugal, na Austrália e no Canadá. Os países não registraram casos de salmonela associados ao consumo dos produtos. O governo português diz que a restrição dos produtos é “por precaução”. As agências de inspeção alimentar canadense e australiana dizem que a própria empresa solicitou o recall. 

As investigações começaram no Reino Unido, onde 63 casos da doença foram registrados, e na França, onde 21 casos são analisados pelo Instituto Pasteur. 

A agência de inspeção alimentar do Canadá e da Austrália divulgaram uma tabela com todos os produtos contaminados da marca e alertou para “não consumi-los”. Eis a íntegra do aviso, em inglês (182 KB). 


BRASIL 

Em nota, o grupo Ferrero informou que os chocolates consumidos no Brasil não são produzidos na filial da Bélgica. Eis a íntegra: 

“O Brasil não está envolvido no recall voluntário de produtos Kinder selecionados fabricados na Bélgica. Os produtos Kinder comercializados no Brasil são produzidos na América do Sul. 

“Em outros países, a Ferrero está cooperando com as autoridades de alimentos sobre uma possível ligação com casos relacionados à salmonela. Embora nenhum de nossos produtos Kinder lançados no mercado tenha testado positivo para salmonela e não tenhamos recebido reclamações de consumidores, estamos levando o caso extremamente a sério. 

“A segurança alimentar e o atendimento ao consumidor são nossas prioridades e lamentamos esta situação.”

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

86.7%
7.1%
6.2%