MENU

08/04/2022 às 15h00min - Atualizada em 08/04/2022 às 15h00min

Genocídio começa a ser avaliado pelos Parlamentares canadenses

Liberais começam a se manifestar contra a Guerra na Ucrânia

Leandro Mendonça
FOTO RONALDO SCHEMIDT, ARQUIVOS AGENCE FRANCE-PRESSE


Parlamentares, grupos ucranianos, judeus e armênios querem que o comitê parlamentar investigue a descoberta de corpos em Boutcha, uma cidade a noroeste de Kiev.

 As ligações ocorrem no momento em que a Real Guarda Montada do Canadá  (RCMP), inicia uma investigação nacional sobre supostos crimes de guerra na Ucrânia.


 O deputado liberal Ali Ehsassi diz que a descoberta de valas comuns na Ucrânia deve ser objeto de uma investigação urgente no Parlamento canadense para estabelecer se a Rússia cometeu genocídio.

 Ehsassi pediu que os Parlamentares de todos os partidos se unissem pela Prevenção do Genocídio da Guerra na Ucrânia.


Oleksandr Pavlichenko, diretor-geral da União Ucraniana de Direitos Humanos, em Helsinque, disse que desde o segundo dia da invasão, a Rússia tinha como alvo civis.

Ele disse que as tropas atiraram em qualquer um que falasse ucraniano nas vilas e cidades, poupando aqueles que falavam russo e facilitando a extradição dos conterrâneos.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

86.7%
7.1%
6.2%