MENU

19/04/2022 às 11h16min - Atualizada em 19/04/2022 às 11h16min

Homem de Ottawa sofre 'fraude de identidade sintética' após aparição de conta de imposto misteriosa

Enrique Rosado tem imposto de renda por um emprego que diz não ter. O caso está sendo investigado

CBC
Enrique Rosado, um homem de Ottawa, de 65 anos, descobriu que foi alvo do que os especialistas chamam de um complicado golpe de "identidade sintética", quando apresentou seus impostos

Ele recebeu um aviso de reavaliação da Agência de Receita do Canadá em março. A carta explicava que os registros fiscais de uma empresa, na área de Toronto, indicavam um ganho de US $ 31.388, valor não divulgado no seu registro de imposto de renda pessoal.

Rosado afirmou que não trabalha e nem conheca a empresa Ontario 1975945 Ltd., como colocado na CRA. Conforme Enrique, que atualmente é aposentada, seu último emprego era de superintendente de construção. Ele apresentou impostos pessoais, mostrando uma renda de trabalho de cerca de US $ 45.000. A história de Enrique foi confirmada pela empresa em que trabalhava.

A vítima suspeita que seu número de seguro social foi roubado e essa empresa emitiu fraudulentamente registros em seu  ome. A CRA foi informada sobre o erro, mas a agência o inteirou que pagamento só seria evitado quando a empresa em questão emitisse um documento corrigido. Rosado está frustrado e pediu melhor proteção do CRA aos contribuintes.

"A CRA está se tornando muito favorável ao crime. Não importa de onde venha, contanto que eles consigam seu dinheiro", disse ele.



A polícia não consegue localizar o negócio

A Ontario 1975945 Ltd. permanece sem localização. Os registros sugerem que o nome fantasia é "Global Fresh Import and Export", mas a polícia de Toronto não conseguiu encontrar ninguém que tenha ligação com a empresa.

O ex-diretor de uma empresa de importação de alimentos de Toronto, que já fez negócios com a empresa, disse que eles não usavam o nome há pelo menos cinco anos.



 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

86.7%
7.1%
6.2%