MENU

22/04/2022 às 12h22min - Atualizada em 22/04/2022 às 12h22min

Guy Lafleur, conhecido como a lenda do Habs, morre aos 70 anos

Ainda não se tem informações sobre a causa da morte, mas Lafleur foi diagnosticado com câncer no pulmão direito em outubro de 2020. Antes disso, ele havia removido um lobo canceroso do pulmão esquerdo em 2019.

Co - autora: Isabela Peixer
CTV News, Espn, Global News e CBC
A lenda do Montreal Canadiens, Guy Lafleur, morreu nesta sexta-feira (22), aos 70 anos. Ainda não foi confirmado a real causa de morte, mas Lafleur já havia anunciado seu diagnóstico de câncer no pulmão direito em outubro de 2020. Antes disso, ela já tinha removido um lobo canceroso do pulmão esquerdo, em 2019.

O quebequense era considerado um ícone do Habs, vencendo cinco Copas Stanley e permanecendo, até hoje, como o líder com a maior pontuação de todos os tempos da equipe. Ele foi o primeiro jogador na história da liga a produzir seis temporadas consecutivas com mais de 50 gols e mais de 100 pontos (1974-80).

"Estamos profundamente tristes ao saber da morte de Guy Lafleur", relatou o proprietário do Canadiens, Geoff Molson, em comunicado. "Todos os membros da organização Canadiens estão devastados com sua morte. Guy Lafleur teve uma carreira excepcional e sempre se manteve simples, acessível e próximo dos Habs e dos fãs de hóquei em Quebec, Canadá e em todo o mundo. Ao longo de sua carreira, ele nos permitiu viver grandes momentos de orgulho coletivo. Ele foi um dos maiores jogadores da nossa organização, tornando-se um embaixador extraordinário do nosso esporte."

Em 14 temporadas com o Montreal Canadiens, Lafleur ficou conhecido por sua patinação suave e toque de pontuação. O ala, carinhosamente conhecido como "The Flower" e "The Blond Demon", foi um dos pilares de cinco times vencedores da Stanley Cup, como em 1977, por exemplo, quando recebeu o Troféu Conn Smythe como MVP dos playoffs. 

Desde cedo Lafleur se destacou no hóquei, jogando no torneio Quebec Pee-Wee, com apenas 11 anos de idade. Foi nesse torneiro que conheceu seu ídolo , o herói canadense Jean Béliveau, e se apaixonou pelo esporte.

Hoje, a lenda fica apenas na memória, mas suas conquistas ficarão marcadas para sempre na história do hóquei.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

86.7%
7.1%
6.2%