MENU

06/07/2021 às 10h33min - Atualizada em 06/07/2021 às 10h33min

8 anos depois de Lac-Mégantic: Trudeau envia condolências e lembra daqueles que foram mortos

O acidente, ocorrido em 2013, fez 47 vítimas na cidade

Redação North News
CTV News
Paul Chiasson / THE CANADIAN PRESS

MONTREAL - No oitavo aniversário da pior tragédia ferroviária da história canadense, o Primeiro-Ministro Justin Trudeau diz que seus pensamentos estão com os moradores de Lac-Mégantic, Québec, à medida que eles se lembram daqueles que perderam.

 

Em 6 de julho de 2013, um trem cheio de óleo cru desceu uma encosta em direção à cidade e descarrilou no meio do centro da cidade, provocando inúmeras explosões e um grande incêndio que matou 47 pessoas.

 

Em um comunicado, Trudeau observou que todos os canadenses se lembram e são inspirados pela bravura, força e resiliência dos residentes de Lac-Mégantic.

 

Para marcar o oitavo aniversário da tragédia, a microrrede elétrica Lac-Mégantic foi inaugurada na presença da prefeita do Lac-Mégantic, Julie Morin e da CEO da Hydro-Québec, Sophie Brochu.

 

Às 12 horas, dignitários e residentes são convidados a participar de um momento de silêncio enquanto os sinos das igrejas tocam em memória das vítimas.

 

Às 19h30, uma missa será celebrada na Igreja de Sainte-Agnès. O Padre Francis Morency, acompanhado do Padre Steve Lemay e do Padre Gilles Baril, presidirá a cerimônia.

 

A partir das 20h45, todos os membros da comunidade serão convidados a um cinema ao ar livre para assistir ao documentário, "Marcheurs d'étoiles" (Caminhantes das estrelas), do realizador Anthony Ferro, que estará presente na ocasião, juntamente com vários outros que contribuíram para o filme.

Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.2%
5.2%
7.6%