MENU

05/08/2021 às 16h39min - Atualizada em 05/08/2021 às 16h39min

'Falta de transparência preocupante' de Ottawa sobre refugiados afegãos

Marco Mendicino afirmou que não haverá divulgação das informações sobre os refugiados que chegarão ao país

Redação North News
CP24
THE CANADIAN PRESS/Justin Tang

OTTAWA - O ministro da Imigração, Marco Mendicino, disse que o governo federal não divulgará detalhes sobre o número e o paradeiro dos refugiados afegãos que desembarcaram no Canadá ontem e daqueles que chegarão mais tarde para proteger os desabrigados e a segurança da operação.

 

Em entrevista coletiva virtual hoje (05), Mendicino disse que o governo está lidando com circunstâncias urgentes e voláteis no Afeganistão, à medida que as forças da coalizão internacional lideradas pelos Estados Unidos continuam a se retirar do país e o Talibã ganha terreno.

 

O primeiro avião de refugiados que apoiaram as missões militares e diplomáticas canadenses no Afeganistão chegou a Toronto ontem e mais aviões transportando afegãos que contribuíram para a missão do Canadá devem chegar nos próximos dias e semanas.

 

Mendicino diz que os refugiados afegãos receberão assistência do governo durante seu primeiro ano no Canadá, o que incluirá apoio financeiro e treinamento em idiomas.

 

O governo anunciou no mês passado um programa para reassentar com urgência afegãos considerados "integrantes" da missão das Forças Armadas canadenses, incluindo intérpretes, cozinheiros, motoristas, faxineiros, trabalhadores da construção, guardas de segurança e funcionários da embaixada, bem como seus cônjuges e crianças.

 

Ex-intérpretes afegãos que agora vivem no Canadá pediram ao governo federal para expandir o programa para incluir seus parentes presos no Afeganistão porque eles também correm o risco de serem alvos do Talibã.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.4%
4.8%
7.8%