MENU

10/09/2021 às 21h06min - Atualizada em 10/09/2021 às 21h06min

Família luta para reverter deportação

Petição online está sendo uma das formas usadas para chamar atenção das autoridades

Redação North News
Divulgacao- arquivo pessoal

Daiane Leite, Maurício Moreira dos Reis, Nathan- 14 anos, Sophia- 8 anos e David- 4 anos são os integrantes da família, que vive há mais de 5 anos no Canadá e recentemente recebeu uma ordem de deportação para o Brasil, marcada para o dia 11 de setembro de 2021 ás 1 da tarde. Eles estão tentando reverter o caso e afirmam que no Brasil não estarão seguros, pois estarão em perigo iminente por conta da mafia do crime brasileira. 


Para chamar a atenção das autoridades e até mesmo mobilizar a comunidade brasileira, amigos da família criaram uma petição no portal change.org. 


Saiba mais sobre a petição


A família, também, gravou um vídeo onde conta mais sobre a sua história e situação de vulnerabilidade, além de pedir ajuda para reverter essa decisão. Durante a gravação, a família toda aparece chorando em completo desespero. 


Daiane muito emocionada com a voz embargada fala em inglês:“Somos uma família que vive no Canadá por mais de cinco anos, temos 3 filhos, inclusive meu filho mais novo nasceu aqui. Quando nós chegamos aqui, a gente não tinha escolha ‘para cuidar’ do nosso status como gostaríamos, porque nós não tínhamos condições emocionais e Tampouco dinheiro para fazer um college. As nossas circunstâncias eram terríveis. No Brasil, nós tivemos um terrível incidente. Uma Pessoa ruim fez coisas terríveis para a gente, e ele era policial. Portanto, a gente não conseguiu fazer nada porque ele era policial e o Canadá foi um caminho para sair dessa situação deplorável. Então, quando a gente chegou, nós tentamos fazer de tudo para ficar, mas nós não sabíamos que existiam pessoas ruins aqui que podiam nos prejudicar. Um consultor não respeitou a nossa história e ele contou a nossa história de uma maneira ruim, então, o oficial de imigração não nos entendeu e ele tomou uma péssima decisão. Nós tentamos de tudo, e eu e meu marido trabalhamos muito duro, a gente não mede esforços para trabalhar duro, fazer dinheiro e para manter nossas crianças e vida seguras, porque esse é um país maravilhoso. Nossos filhos estudam aqui e vão super bem em tudo e eles nunca tiveram dificuldades em viver aqui. Além disso, a gente sempre pagou todas as taxas, tudo para estar aqui, a gente já gastou mais de 35 mil dólares canadenses com advogados que abandonaram a nossa história e não mostraram a nossa realidade. Eles não tiveram compromisso, respeito, porque a gente não é objeto, nós somos pessoas. E eles querem mandar a gente embora sem respeitar a nossa história, o nosso coração, amanhã (11) eles querem nos mandar de volta para o Brasil, onde a nossa história foi muito terrível antes. Eu não sei quem vai assistir ao vídeo, mas eu espero que as autoridades possam nos ajudar, que você possa nos ajudar de alguma forma”, finaliza. 


Em outro momento do vídeo, Nathan, o filho mais velho do casal, se pronuncia, chorando muito e diz que não sabe o que esperar do Brasil, que ele tem amigos e a casa dele é aqui no Canadá. “Minha vida é aqui”, completa o jovem. 


Veja o vídeo na íntegra.  


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.5%
4.8%
7.7%