MENU

24/03/2022 às 18h26min - Atualizada em 24/03/2022 às 18h26min

Portugal segue na repescagem! Itália está fora

Lusos vencem Turquia e Azzurra é derrotada pela Macedônia do Norte

Leandro Mendonça
Twitter/ @selecaoportugal
O futebol é um esporte que não tem explicação. A Itália, atual campeã da Eurocopa com uma campanha invicta e tetra campeã do Mundo, acabou eliminada na noite desta quinta-feira (24), pela Macedônia do Norte, dentro de Palermo, com um gol aos 47 minutos do segundo tempo. O macedônios jamais se classificaram para uma Copa do Mundo e vão ter a chance de tentar a vaga contra Portugal, que eliminou a forte equipe turca, no Estádio do Dragão. O duelo será na próxima terça-feira (29), às 15:45, horário de Brasília.

DIFÍCIL, MAS SEM SURPRESAS

 
Portugal recebeu a Turquia em Lisboa, à noite, diante do Dragão lotado. Aos 14 minutos, o excelente meio campista Otávio, do Porto, abriu o marcador após rebote em chute de Bernardo Silva. E os Lusos continuaram pressionando os visitantes, que mal conseguiam sair do campo de defesa.

Cristiano Ronaldo ia infernizando a defesa turca, mas quem ampliou o marcador foi Diogo Jota, que após belo cruzamento de Otávio, só teve o trabalho de escorar de cabeça para o fundo das redes. 2 a 0 e um jogo devidamente controlado.
Até os 15 minutos da segunda etapa, Portugal pressionou sem piedade. Diogo Jota teve duas chances para ampliar o marcador, mas foram desperdiçadas pelo atacante. E aos 20 minutos, o experiente atacante turco Burak Yilmaz calou o Dragão. Após belo passe de Under, o camisa 17 arrematou com categoria, para diminuir a diferença.

E o inferno português começou. A Turquia se lançou ao ataque, criando várias oportunidades. Aos 37, José Fonte tentou o corte dentro da área e acertou Unal, que tinha feito bela jogada. O jogador turco caiu no chão e pediu a penalidade, confirmada pelo VAR, dois minutos depois.

O silêncio era sepulcral. Burak, que havia marcado o primeiro tento, pegou a bola e colocou na marca da cal. Seus 37 anos de experiência contra 22 de Diogo Costa lhe davam vantagem. Mas a pressão da camisa foi mais forte e o turco chutou a pelota por cima da baliza. O jovem guarda-redes acertou o canto, atrapalhando o atacante.

E mesmo com o plantel cansado, em um mau dia de CR7, Portugal ainda obteve tempo para mais um tento. O volante Matheus Nunes recebeu em velocidade e tocou por cima do arqueiro Cakir, que nada pôde fazer, a não ser olhar a comemoração portuguesa dentro do Estádio. Festa no Dragão!
 

Vergonha, vergonha, time sem vergonha!

 
A Itália fez uma campanha memorável na última Eurocopa. Jorginho e Donnarumma foram considerados os grandes destaques da competição e a Azzurra levou a taça para o país pela segunda vez.

Mas após ficar em segundo no Grupo C das eliminatórias europeias para a Copa do Mundo, os italianos  teriam que disputar a repescagem. O primeiro embate seria contra a Macedônia do Norte, grande surpresa, até então.
Com o jogo em Palermo, diante de sua torcida, os italianos estavam mais preocupados com o jogo seguinte, que seria contra Portugal, em caso de vitória. Mas futebol não se ganha antes do apito final e nem com peso da camisa.

Os macedônios, que se defenderam o jogo inteiro, aproveitaram um lance, aos 47 minutos da segunda etapa, para inaugurar o marcador. O mortal Trajkovski, camisa 9 de ofício, chutou com força, no canto de Donnarumma, que nada pôde fazer. 1 a 0 e nada mais.

É a primeira vez na história que a Itália não se classifica para duas Copas do Mundo de forma consecutiva. Roberto Mancini vai precisar explicar muita coisa aos cartolas, enquanto Portugal e Macedônia estiverem se enfrentando, na próxima terça-feira.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

86.7%
7.1%
6.2%