MENU

06/03/2021 às 08h52min - Atualizada em 06/03/2021 às 08h45min

Parabéns, Toronto por seus 187 anos de vida

É março, é aniversário de Toronto, e 187 anos de vida e de histórias, e boas histórias. Como essa cidade encanta o mundo inteiro?

Pablo Marcelo
Peguem as velinhas, as bexigas, os chapeuzinhos, alguns timbits, não esqueçam o bolo, é claro! Coloquem suas máscaras, um álcool gel pra garantir, uma distância segura entre vocês e vambora cantar (comedidamente, óbvio): “Parabéns pra Toronto, nesta data querida, muitas felicidades e muitos, mas muitos anos e séculos com vida”! Feliz aniversário Toronto. Palminhas discretas e alguns sorrisinhos por trás das máscaras, e vamos em frente.
 
É... o tempo chega pra todos. Mas, manter uma jovialidade assim, inteirona, sempre pulsante e se renovando a cada virada de estação, é para poucos. Saibamos que nem sempre, nos nossos aniversários, estamos tão radiantes assim, sempre tem uma dorzinha nova que vem pra festa também. Infelizmente esse ano nem festa rola direito, não que já tenha rolado “A Festa” – com F maiúsculo – quando falamos de Toronto. Porém, sempre há motivos para celebrar a vida.
 
Viver em Toronto, uma das faces deste Canadazão, é marcar sua vida de um jeito único, diferente. Muita gente, mas muita gente mesmo, já passou por esta cidade; muita gente ainda chega na cidade e vai começando o namoro (apesar de todos os pesares do momento) e muita gente tem lá na porta da sua geladeira: “Meta Canadá – Toronto/2021”. Fora aqueles que já tem tatuado nos bíceps: Toronto – Lar Doce Lar.
 
São italianos, chineses, espanhóis, português, gregos, filipinos, tailandeses, muitos americanos, chineses, mexicanos, jamaicanos, russos, árabes, chineses, franceses, alemães, romenos, armênios, já falei chineses? E.... brasileiros, claro. Gente que chama Toronto pra dançar, pra comer, pra passear nos parques, gente que não se cansa de tirar fotos da aniversariante do dia, e gente que não se conforma com essa frieza toda, digo do clima, tá.
 
Toronto é isto tudo: são estes anos e anos de histórias, de marcas multiculturais, de uma cidade canadense com pitadas do mundo e um mundaréu de caras do mundo todo com ares de Toronto. Alguns já diziam que Toronto é uma São Paulo que deu certo (guardada as devidas proporções, cara pálida). Concordo, em partes. Falta um pouquinho do “sangue no zóio” paulistano, mas encanta e fascina mesmo assim.
 
E olhando hoje pra aniversariante, pra essa Toronto, que sempre ganha boas notas no boletim durante o ano – com seus prêmios de melhor disso ou daquilo – só posso enxergar um futuro próspero, bonito, gostoso, sem Covid (ouvi um amém aí?), com muita vida, energia, calor (interno, sempre), multiculturalidades, línguas e idiomas por todos os lados, pujança, alegria e bolas de neve. Parabéns, Toronto.
Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.6%
4.7%
7.6%