MENU

17/09/2022 às 11h17min - Atualizada em 17/09/2022 às 10h19min

A empregabilidade no Canadá na atualidade

Paulo Galvão Júnior

Prof. Paulo Galvão Jr.

Prof. Paulo Galvão Jr.

Economista brasileiro, escritor, palestrante, professor de Economia no UNIESP e autor de 15 eBooks de Economia.

O Canadá é tão longe do Brasil. De Brasília, capital do Brasil, a Ottawa, capital do Canadá, a distância em linha reta é de aproximadamente 7.355 quilômetros. E o Canadá é frio, tem ondas de frio polar, mas, é o melhor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da América e o décimo quinto do mundo, com IDH de 0,936 em 2021, segundo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).
 
O bilíngue Canadá, como se sabe, é um dos países onde há as melhores oportunidades de se conseguir um emprego formal como um imigrante no mercado de trabalho. E aprender a Língua Inglesa e/ou a Língua Francesa é uma habilidade indispensável para o futuro imigrante que deseja se inserir na economia canadense e prosperar economicamente em plena Quarta Revolução Industrial.
 
O presente artigo trata sobre o Canadá, o segundo maior país em extensão territorial do mundo e o maior país do continente americano, com 9,9 milhões de quilômetros quadrados. Este artigo visa trazer uma combinação de análise econômica com relatos da Aula 01, da Masterclass, dos Irmãos Prezia, sobre a empregabilidade no Canadá na atualidade. Segundo os Irmãos Prezia (2022), é preciso entender o país da Costa do Pacífico a Costa do Atlântico, aprender sobre a imigração federal e provincial canadense e as profissões em demanda em cada província, além de entender as questões de custo de vida nas principais cidades canadenses.
 
A Aula 1, da Masterclass, dos Irmãos Prezia, em 12 de setembro de 2022, começou com lindas imagens do Canadá, da Costa Oeste a Costa Leste, e com uma música bem animada, sendo a motivação fundamental para as tomadas de decisões para o futuro imigrante brasileiro ou da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) no Plano Canadá, conforme os perfis (idade, nível educacional, proficiência em inglês ou em francês e experiência de trabalho no Brasil e/ou no Canadá) dos programas federais de imigração on-line (exemplos, Express Entry, Rural and Northern, Atlantic Immigration Program) e os programas provinciais de imigração on-line (exemplos, BC PNP Tech, Hard to Fill, Manitoba in Deman, In-Demand Skills).
 
Um dos melhores programas é o Federal Skilled Worker (FSW), um programa de imigração canadense para trabalhadores estrangeiros que possuem pelo menos um ano de experiência profissional no exterior, focando em experiência de trabalho, educação formal e conhecimentos de inglês ou de francês. Segundo Caio Prezia (2022), “(...) A questão da empregabilidade; a importância de você saber buscar por emprego no Canadá; você saber se adaptar ao mercado de trabalho; você saber como funciona o mercado de trabalho; você, de repente, desenvolver o networking, para você conseguir recomendações (...)”.
 
Na lousa dos Irmãos Prezia é possível perceber a participação das províncias sobre o Produto Interno Bruto (PIB) canadense. Hoje, o Canadá é a 8ª maior economia do planeta e a 2ª maior economia da América, com um PIB nominal de US$ 2,2 trilhões. E o Canadá é um país membro do Grupo dos Sete (G7), do Grupo dos Vinte (G20) e do USMCA (United States, Mexico and Canada) e tem 38,6 milhões de habitantes.
 
Inicialmente, análises e relatos da província de British Columbia (BC), banhada pelo Oceano Pacífico, com participação de 13% do PIB do Canadá, com três principais cidades, a capital Vitória (com mais de 85 mil habitantes), a maior, mais populosa e mais rica Vancouver (com mais de 2 milhões de hab.) e a bela Kelowna (com mais de 100 mil hab.), mas, o custo de vida é alto em Vitória, Vancouver (o aluguel de apartamento de um quarto é de CAD$ 2.000) e Kelowna. Estas três cidades estão localizadas entre as 52 cidades de BC, com o melhor clima do frio Canadá.
 
Em seguida, a leste, a vizinha província da beautiful BC é a Alberta, sua participação do PIB canadense foi de 15%. Nos dias atuais, Alberta tem 18 cidades, com duas principais cidades, a capital Edmonton (com mais de 1,2 milhão de hab.) e Calgary (com mais de 1,3 milhão de hab.). A província de Alberta tem a beleza estonteante dos seus lagos como o Lago Moraine e o Lago Louise e as Montanhas Rochosas em Banff, que atraem os moradores locais, os turistas nacionais e, sobretudo, os turistas internacionais. “E o aluguel de um apartamento de um dormitório em Calgary é de CAD$ 1.400”, de acordo com Guilherme Prezia. E a província de Alberta é a líder canadense na produção e exportação de petróleo e gás natural.
 
A vizinha província da dinâmica e rica Alberta, a leste, é Saskatchewan, que participa de 4% do PIB canadense. Entre as 16 cidades de Saskatchewan, as duas principais cidades são a capital Regina (com mais de 250 mil hab.) e Saskatoon (com mais de 300 mil hab.). E o custo de vida é mais baixo do que BC e Alberta, porém, é uma província mais fria do que BC e Alberta. E a província de Saskatchewan é uma grande produtora e exportadora mundial de trigo.
 
A vizinha da agrária Saskatchewan, a leste, é Manitoba, que participa de 3% do PIB do Canadá, com destaque a mineração e a agropecuária. Entre as 10 cidades de Manitoba, a capital e a principal cidade é Winnipeg (com mais de 740 mil hab.), localizada nas Grandes Planícies, com oportunidades de emprego no comércio, na indústria e na saúde. Porém, na pequena Churchill (com menos de 1 mil hab.), situada nas margens da Baía de Hudson, é possível observar o fenômeno da aurora boreal e enxergar os ursos polares.
 
A vizinha província da agropecuária Manitoba, a leste, é a populosa, rica e industrial Ontário, com participação de 38,4% do PIB do Canadá. Em Ontário com 51 cidades estão localizadas a bela capital Toronto (com mais de 2 milhões de hab.), Ottawa (com mais de 100 mil hab.), London (com mais de 100 mil hab.) e Hamilton (com mais de 100 mil hab.). “Na província de Ontário a economia é forte e tem a maioria das instituições de ensino superior do Canadá. Mas, o custo de vida é alto na Grande Toronto” afirmou Caio Prezia.
 
A província vizinha da rica Ontário é a francófona Québec, cuja participação no PIB do Canadá é de 20%. Com mais de 100 cidades, as duas principais cidades são Montréal (com mais de 1 milhão de hab.) e a capital Québec (com mais de 100 mil hab.). O programa provincial de Québec tem a forte influência da proficiência em Língua Francesa. Portanto, é preciso dar o primeiro passo na desejada fluência em escrever, falar, compreender e ler em francês. E Québec é uma das províncias mais bela, mais cultural, mais histórica e mais gastronômica do Canadá.
 
Próximas da maior província canadense e da Belle Province, Québec, estão às quatro províncias do Oceano Atlântico: New Brunswick, Newfoundland and Labrador, Nova Scotia and Prince Edward Island (PEI). A mais rica é a Nova Scotia, com participação de 3% do PIB. A mais pobre é a PEI (a menor e menos populosa província canadense), com apenas 0,3% do PIB. Já New Brunswick e Newfoundland and Labrador (a província mais isolada do Canadá) participam de 1,8% e de 1,5% do PIB, respectivamente.
 
É preciso ressaltar que as quatro principais cidades das províncias do Atlântico Canadense são Halifax (mais de 500 mil hab.), Saint John's (mais de 250 mil hab.), Moncton (menos de 150 mil hab.) e Charlottetown (mais de 80 mil hab.). “E o custo de vida é um dos melhores do Canadá”, conforme o Caio Prezia. Com certeza, os colleges com um custo mais acessível para os estudantes brasileiros e da CPLP.
 
Evidentemente, o Canadá, um dos três países da América do Norte, tem uma taxa de desemprego baixa, de 5,4% da população economicamente ativa (PEA), em agosto de 2022, de acordo com o site da Statistics Canada. E Aula 1, da Masterclass, possibilitou as melhores reflexões sobre o papel da educação de qualidade, pois proporciona a melhor empregabilidade no desenvolvido Canadá, nos dias atuais. É preciso ressaltar que o peso da educação é relevante na subida do IDH canadense nos últimos 31 anos, o IDH de 0,860 em 1990 subiu para o IDH de 0,936 em 2021.
 
Concluindo, o Canadá é uma das principais economias avançadas, com IDH muito alto e a indústria mineradora, a indústria madeireira, as empresas de transporte ferroviário, de saúde e de Tecnologia da Informação (TI) e o turismo geram muitos empregos diretos. Contudo, é preciso repensar o turismo nas dez províncias e nos três territórios do Canadá que sofreram muito com os severos impactos da pandemia da COVID-19, entre eles, a queda do fluxo turístico internacional na espetacular CN Tower e nas belíssimas Niagara Falls no biênio 2020-2021. Todavia, o Canadá é de um dos principais destinos turísticos da América, e na minha singela opinião, irá crescer forte no próximo ano e que continue crescendo cada vez mais, antes, durante e depois da Copa do Mundo FIFA de 2026.
Link
Leia Também »
Comentários »